Reconstrução integral de um novo Obelisco

O previsto inicialmente era a reabilitação de uma escultura, que dada a sua degradação estrutural, optou-se pela demolição integral.

Posteriormente foi lançada uma nova empreitada para uma reconstrução integral de um novo Obelisco.

O “novo” Obelisco foi executado, reproduzindo o original e sempre sob a aprovação da Fundação Mestre José Rodrigues.

A fiscalização e a coordenação da obra ficou à responsabilidade da Pórtico.